- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioCEARÁSSPDS/CE sedia I Encontro dos Chefes de Agências Centrais de Inteligência de...

SSPDS/CE sedia I Encontro dos Chefes de Agências Centrais de Inteligência de Segurança Pública do Nordeste

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará sediou, na manhã desta terça-feira (23), o I Encontro dos Chefes de Agências Centrais de Inteligência de Segurança Pública dos Estados do Nordeste. O evento, que ocorreu na sede da SSPDS, em Fortaleza (CE), contou com a participação de gestores da pasta cearense e de suas vinculadas, além de chefes e representantes dos estados do Nordeste. Na oportunidade, diversos assuntos pertinentes à segurança pública, além de estratégias para o combate à criminalidade em nível nacional foram discutidos.

Além do titular da SSPDS, Sandro Caron, o secretário executivo da pasta, Samuel Elanio, também compareceu à reunião. Já pelas vinculadas da Secretaria, estiveram presentes o gestor da Coordenadoria de Inteligência (Coin) da SSPDS, o delegado Nelson Canito Pimentel, e o titular da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), Dr. José Helano Matos. O secretário da SSPDS, Sandro Caron, ressaltou a importância do encontro e deu as boas vindas ao evento.

“Me sinto honrado em ter a oportunidade de participar desse evento, que se estenderá por mais dois dias, e foi escolhido para ser realizado em nosso Estado. É o primeiro encontro e estamos aqui quebrando um paradigma no sentido de formalizar o que já acontecia: o compartilhamento de conteúdo e o trabalho integrado. Como sempre destaco, não se faz segurança pública no Brasil ou em qualquer lugar sem a aproximação da atividade de inteligência e da integração entre as polícias. No Ceará, todas as ações, prisões e investigações que temos tem o apoio dessa área. Tudo que acontece de maior relevo tem ação de inteligência”, destacou o secretário.

Sandro Caron também frisou sobre os resultados positivos alcançados nos dez primeiros meses do ano com a integração entre as Polícias Civil e Militar do Ceará e a utilização de tecnologias disponíveis e ações estratégicas para o combate à criminalidade. “De janeiro a outubro deste ano, já alcançamos resultados positivos no que concerne à redução de crimes violentos, contra o patrimônio, roubo e furto de veículo, roubo de cargas, além de apreensões significativas de drogas e armas em nosso Estado. É importante destacar ainda as quase 27 mil capturas que as Forças de Segurança já realizaram nesse período. Tudo isso mostra o quando nós priorizamos a importância da inteligência em todas as ações. Quero frisar ainda que estaremos sempre à disposição, pois segurança se faz juntos. Meu desejo é que continuemos trabalhando de forma conjunta para combatermos os crimes em todo o Nordeste do Brasil. Contem conosco”, concluiu o gestor.

Integração

Durante o encontro, temas como o compartilhamento de dados, capacitação integrada de sistemas, definições de estratégias de enfrentamento à criminalidade e as tecnologias proprietárias, que podem ser cedidas gratuitamente, foram abordadas. Os visitantes também tiveram a oportunidade de conhecer a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops) e o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública (Cisp).

O secretário da Segurança do Piauí, Rubens da Silva Pereira, enfatizou a importância de manter boas relações estratégicas com os estados vizinhos. Ele também agradeceu a oportunidade de participar de um evento tão importante para o Nordeste. “É um momento único. Histórico. Estou muito feliz de estar no Ceará, pois tenho uma particularidade e carinho com esse Estado. E o Nordeste tem a sua realidade própria de segurança e se tornou inspiração para nós. Daqui, irão sair novas ideias e ações de estratégias que poderão ser aplicadas no enfrentamento à criminalidade de forma geral.

Na ocasião, foram apresentadas as tecnologias disponíveis no Ceará e que são usadas no combate ao crime, como os sistemas Agilis e de Videomonitoramento da SSPDS.

Inteligência

O uso de inteligência aliado às tecnologias tem trazido resultados positivos de combate aos crimes no Ceará. O primeiro evento que ocorre, nesta semana, tem o intuito de propagar os direcionamentos que estarão alinhados para todo o Brasil. O coordenador da Coin, Nelson Pimentel, aproveitou o ensejo para agradecer aos convidados e enaltecer o trabalho realizado pela Secretaria da Segurança do Ceará, que tem investido em inteligência como importante aparato no combate e na prevenção à criminalidade. “Gostaria de agradecer ao apoio da SSPDS para a realização desse evento, que é pequeno em termos de participantes, mas grandioso quando comparado às diretrizes que podem nos auxiliar em ações de combate à criminalidade”, finalizou.

Participaram ainda da solenidade, diretores, coordenadores, gerentes e analistas do núcleo de segurança pública dos estados de Sergipe, Piauí e Maranhão.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
MAIS LIDAS DA SEMANA