- PUBLICIDADE -
InícioÚLTIMAS NOTÍCIASDigitalização de processos contribui para continuidade dos trabalhos no TJDFT

Digitalização de processos contribui para continuidade dos trabalhos no TJDFT


.

FACE-digitalizacao-de-processos.jpgO TJDFT, a despeito das medidas adotadas neste momento de pandemia, segue trabalhando para garantir os direitos dos cidadãos do DF. Entre os fatores que permitem a continuidade da prestação jurisdicional estão os esforços empreendidos pela Casa no sentido de digitalizar os processos físicos para inseri-los no ambiente virtual. Hoje, 95,9% dos processos iniciados em papel estão digitalizados e, tão logo o trabalho presencial possa ser retomado, a medida alcançará 100% dos autos em tramitação.

A despeito da situação de isolamento, o Tribunal conta com uma equipe voltada à digitalização dos procedimentos urgentes. Até o momento, o TJDFT digitalizou 450.157 processos com apoio de servidores da Casa, estagiários, terceirizados e jovens surdos da Associação de Centro de Treinamento de Educação Física Especial – CETEFE, que atuam no Núcleo de Digitalização – NUDIG.

O Tribunal segue tomando medidas voltadas a converter para o mundo digital os 19.200 autos físicos remanescentes, entre elas a Portaria Conjunta 53/2020, que determina que a Coordenadoria de Apoio Extraordinário — CAE dê continuidade à de conversão processos em trâmite na 1ª instância. A Portaria estabelece que, finalizada a digitalização desses processos, incumbirá ao Núcleo de Processamento Tecnológico da Informação – NUTIN, vinculado à 1ª Vice-Presidência, prosseguir com a digitalização de autos dos processos de guarda permanente e de longa duração, com apoio do Núcleo de Digitalização – NUDIG, vinculado à Presidência.

Fonte: TJ DF

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA