- PUBLICIDADE -

SAÚDE

Anti-inflamatório acelera recuperação de pacientes com Covid-19

Publicados

em


source
undefined
undefined

undefined

Divulgado no dia 12 de agosto em uma plataforma de análises científicas pela Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto, um estudo clínico revelou que o medicamento colchicina pode acelerar a recuperação de pacientes contaminados pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) , já que auxilia no combate a infecção pulmonar causada pela Covid-19.

A pesquisa, no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), foi coordenada pelo médico Renê Oliveira. “Voluntários tratados com o fármaco ficaram livres da suplementação de oxigênio , em média, três dias antes do que os pacientes que receberam apenas o protocolo terapêutico padrão do hospital”, disse à agência da Fundação de Apoio à Pesquisa de São Paulo (Fapesp).  

O estudo foi realizado entre os dias 1º de abril e 6 de julho com 35 pessoas, entre elas 18 receberam placebo e 17 receberam a colchicina. Os pacientes que deram entrada na UTI foram retirados do estudo. 

Leia Também:  Casos de síndrome respiratória aguda grave voltam a crescer no Brasil

O artigo lista os resultados do uso da colchicina nos voluntários: diminuição do tempo em que apoio respiratório era necessário; redução do período de internação; e baixa das taxas de proteína C, que indicam inflamação sistêmica. Voluntários relataram um efeito adverso comum: a diarreia. Não houveram registros de problemas cardíacos

Assim como o estudo, o uso da colchicina ainda precisa passar por mais avaliações para ser aprovado no uso do tratamento da Covid-19 . A próxima etapa será realizada em maior escala e todos os participantes receberão o medicamento.

Fonte: IG SAÚDE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo
Propaganda
- PUBLICIDADE -

MAIS LIDAS DA SEMANA