SÃO PAULO

Tutorial orienta gestores das escolas a aprovar cadastros para vacina da COVID-19

Published

on





Solicitação na plataforma precisa ser validada; imunização começou hoje (10)



10A Secretaria Estadual da Educação publicou nesta quarta-feira (7) um vídeo e um tutorial que explica o passo a passo de como os gestores das escolas estaduais devem fazer para aprovar o cadastro dos funcionários das escolas para a vacinação da Covid-19.

Confira o tutorial do fluxo de aprovação

A primeira etapa da imunização para os profissionais da educação teve início neste sábado (10) para os profissionais a partir de 47 anos que atuam nas escolas. Serão destinadas 350 mil doses. Para ser imunizado, é preciso se cadastrar na plataforma VacinaJá Educação (www.vacinaja.sp.gov.br/educacao)

“Este processo de cadastramento é muito importante para evitarmos fraudes e a vacina chegue a quem está contemplado nesta primeira etapa. Esta imunização aos profissionais da Educação é um passo importante no combate à pandemia e chegará a todos”, destaca o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares.

A validação do cadastro ocorre em duas etapas: na primeira que poderá ser realizada pelo diretor ou secretário da escola; e na segunda, onde ocorre a ratificação, também podendo ser feita pelo diretor ou secretário. O sistema não permitirá que o mesmo usuário aprove e ratifique.

Leia Também:  Vacinação contra a covid-19 também aos domingos

Confira aqui o passo a passo (link para a apresentação e para o vídeo no YouTube).

Em breve, a Seduc vai disponibilizar um tutorial com o passo a passo para o fluxo de aprovação para as inscrições dos prestadores de serviço.

Cadastro

Poderão ser imunizados profissionais que atuem nas escolas com funções como secretários, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, mediadores, merendeiras, monitores, cuidadores, diretores, vice-diretores, professores de todos os ciclos da educação básica, professores coordenadores pedagógicos, além de professores temporários. Até esta quarta-feira (7), já são 340.773 profissionais cadastrados.

Para receber a vacina, eles devem fazer o cadastro no site https://vacinaja.sp.gov.br/educacao, com número do CPF, nome completo e e-mail. Em seguida, receberão um link no email indicado e será necessário validá-lo para dar continuidade ao cadastro. É importante verificar se o email não foi deslocado para a caixa de spam.

No passo seguinte, o profissional deve confirmar os dados pessoais e apontar nome da escola, rede de ensino, município e cargo ocupado. Para as redes municipais, particulares e federal também é necessário anexar os holerites dos meses de fevereiro e março.

Leia Também:  A Polícia Civil encerrou mais uma festa clandestina no Tatuapé

Na sequência, o cadastro passará por um processo de análise e, se validado, o profissional receberá em seu email o comprovante VacinaJá Educação, este documento terá um QRCode para verificação de autenticidade.

No momento da vacinação, o profissional da educação deverá apresentar o comprovante VacinaJá Educação, RG e CPF para conferência dos dados pelo profissional de saúde. Caso, o usuário não apresente o comprovante, ele não poderá ser imunizado.

Fonte: Governo de SP

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MAIS LIDAS DA SEMANA