- PUBLICIDADE -
InícioSANTA CATARINAGovernador vistoria cidades atingidas por forte tempestade no Extremo Oeste

Governador vistoria cidades atingidas por forte tempestade no Extremo Oeste


.


Fotos: Ricardo Wolffenbuttel / Secom

O governador Carlos Moisés vistoriou os estragos provocados por uma forte tempestade nas cidades de Descanso e Belmonte, no Extremo Oeste catarinense, na tarde desta sexta-feira, 12. Desde a noite de quarta-feira, poucas horas após os eventos climáticos, equipes de diversos órgãos do Governo do Estado estão prestando suporte aos atingidos, que somam mais de 500 famílias nos dois municípios.

Além do fornecimento emergencial de lonas para as casas destelhadas, o governador confirmou o repasse de telhas e itens de assistência humanitária. Segundo Carlos Moisés, o Estado deverá homologar nos próximos dias os decretos de emergências assinados pelos prefeitos de Descanso e Belmonte.

>> Mais imagens na galeria 

“Nós temos termos de referências para a aquisição de materiais. Esse primeiro contato é para fornecer a assistência básica, como cestas básicas, lonas e telhas, para socorrer as pessoas. A partir de sábado, o material, como telhas, começa a chegar. Quando o evento é extenso, muitas vezes você não consegue adquirir o material na própria região. Com o tempo, outras intervenções mais adequadas poderão ser feitas”, disse o governador.

Carlos Moisés também salientou que o cooperativismo e a solidariedade do povo do Oeste catarinense serão fundamentais para a superação de mais essa adversidade. Ele lembrou que equipes de prefeituras de cidades vizinhas também se prontificaram a vir ajudar em Descanso e Belmonte.

“O Oeste é um exemplo a ser seguido por todo o Brasil. A Defesa Civil se faz assim, com as estruturas públicas e privadas de mãos dadas com a população, para que a gente possa socorrer aqueles precisam. Foi um momento assustador. Viemos aqui também para trazer a nossa solidariedade e nosso respeito ao povo do Oeste. Todas as estruturas do Governo do Estado vão estar à disposição”, acrescentou o governador.

Em seu roteiro pela região, o governador vistoriou os estragos no bairro Antonio Rech, o mais atingido na cidade de Descanso, onde inclusive um ginásio de esportes veio abaixo. Em seguida, foi até Belmonte, onde fez um sobrevoo pelas áreas atingidas nos dois municípios.

A Defesa Civil acompanhou também a situação em Iporã do Oeste, onde foram visitados os locais onde a força da enxurrada danificou e destruiu pontes. A DCSC se prontificou a fornecer kits de transposição (pontes) para que a malha viária do município volte à normalidade. Em Ipuaçu, já foram entregues cerca de 800 telhas e itens de assistência humanitária. Segundo o chefe da Defesa Civil, João Batista Cordeiro Júnior, todas as demandas das prefeituras serão solicitadas, especialmente no que se refere aos kits de transposição.

“Ao todo, nós tivemos 27 municípios afetados. A partir de agora, começam as entregas dos kits de assistência humanitárias, além do restabelecimento e da reconstrução. Teremos também a liberação do FGTS. Os municípios já decretaram situação de emergência e nós já avaliamos in loco que, tanto em Descanso quanto em Belmonte, o Estado fará essa homologação nos próximos dias”, disse Batista.

Autoridades locais ressaltam atuação do Governo do Estado

O prefeito de Descanso, Sadi Bonamigo, destacou o auxílio fornecido pelos órgãos do Governo do Estado, tais como Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e as polícias Civil e Militar.

“Essa visita do governador nos traz expectativa e esperança. Ela foi importante, pois ele esteve nos dois municípios mais atingidos, nos trazendo amparo. Descanso nunca tinha passado por uma situação como essa. Com a ajuda do Governo do Estado, esperamos superar esse momento o mais rápido possível”, diz Bonamigo.

Quem também acompanhou a visita foi o prefeito de Belmonte, Genésio Bressiani. Ele disse que a presença do governador na região serve como um incentivo para que a população se sinta acolhida pelo poder público.

“É importante estar com as pessoas não apenas nos momentos normais, mas também nas dificuldades. Nosso município já decretou emergências três vezes nesse ano: pela pandemia de Covid-19, pela estiagem e agora pelo vendaval, mas tenho a certeza que superaremos todas essas dificuldades, com a ajuda do Governo do Estado”, diz Bressiani.

O deputado estadual Padre Pedro também acompanhou o roteiro, que incluiu um almoço com lideranças da região em São Miguel do Oeste. Segundo o parlamentar, o acontecimento climático foi uma experiência traumática para os moradores.

“Queremos ressaltar a importância da presença do nosso governador aqui, não apenas conhecendo os estragos, mas para estabelecer uma relação com as pessoas que passam por um momento difícil e complexo. É preciso trazer uma palavra de solidariedade e força, assim como tentar viabilizar a reconstrução, que foi um compromisso firmado pelo governador”, diz o parlamentar.

Força conjunta

Desde as primeiras horas o Governo do Estado colocou em ação uma força-tarefa formada pela Defesa Civil de Santa Catarina, Corpo de Bombeiros Militar, Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Polícia Militar, Polícia Civil, Casan, Celesc e Epagri. A primeira ação foi a distribuição de lonas para as famílias atingidas. Um exemplo são os trabalhos realizados por equipes da Celesc na recomposição das linhas de distribuição de energia.

O órgão contabilizou cerca de 200 casas atingidas em Belmonte, já em Descanso foram visitados os bairros mais atingidos e em um primeiro levantamento foram contabilizadas 280 casas parcialmente atingidas. Galpões e estruturas metálicas tiveram os telhados arrancados. A força do vento também destruiu totalmente diversas residências. A tempestade derrubou árvores e postes de energia elétrica.  No total, 13 pessoas precisaram de atendimento hospitalar na região.


Foto: Cristiano Estrela / Secom 

Equipes técnicas da Defesa Civil de Santa Catarina (DCSC) ainda apuram qual o fenômeno natural atingiu os municípios do Oeste e Extremo Oeste catarinense na quarta-feira. Informações preliminares apontam para possibilidade de microexplosão ou tornado em Descanso e vendaval em Belmonte.

>> Leia também:
Equipes do Governo estão mobilizadas para reparar estragos provocados por forte temporal no Oeste e Extremo Oeste de SC

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação – SECom
E-mail: [email protected] 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

Fonte: Governo SC

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA