Roraima

Caer adquire 45 mil hidrômetros para reforçar medição e reduzir perdas Destaque

Published

on


Para reforçar a medição do consumo de água no Estado e reduzir as perdas da empresa, a Caer (Companhia de Águas e Esgotos de Roraima) adquiriu 45 mil hidrômetros. O primeiro lote com 15 mil equipamentos foi entregue nesta segunda-feira, 4, na sede da companhia.

Os hidrômetros serão instalados em novas ligações de água e utilizados tanto para substituição de equipamentos defeituosos que não tenham mais conserto, bem como os que foram furtados das residências. Conforme o presidente da Caer, James Serrador, o investimento é necessário também devido à vida útil dos equipamentos e à correta medição de água consumida pelos clientes.

Ele explicou que a Caer, assim como outras companhias estaduais, tem um alto índice de perdas que estão diretamente relacionadas à não medição da água, situação constatada pela atual gestão devido à inexistência de hidrômetros em muitas residências. Além disso, na capital, por exemplo, que detém 90% da arrecadação da empresa, muitos equipamentos estão com vida útil ultrapassada, o que prejudica a medição correta.

Leia Também:  Crimes contra a vida reduzem 50% em outubro Destaque

“Estes equipamentos serão substituídos de maneira que a Caer vai, efetivamente, medir, faturar e cobrar pelo produto que entrega ao consumidor, reduzindo substancialmente as perdas, o que vai contribuir para a eficiência da empresa”, disse.

Atualmente, a Caer tem na capital 61.558 imóveis cadastrados com hidrômetro e 25.411 sem o equipamento. No interior, são 7.723 ligações com hidrômetro e 12.809 sem o aparelho, somando os imóveis cadastrados nas sedes e vilas dos municípios.

Com vida útil de 5 a 7 anos, o hidrômetro é utilizado pela companhia para averiguar o volume de água consumido ao longo do mês pelo imóvel e, assim, calcular o valor a ser faturado de acordo com os preços praticados pela empresa, que atualmente tem a terceira tarifa de água mais baixa do país, de R$ 23,83.

 

Fonte: Governo RR

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MAIS LIDAS DA SEMANA