- PUBLICIDADE -

RIO DE JANEIRO

Secretaria de Estado de Agricultura trabalha no fortalecimento da cultura da banana

Publicados

em

Produção da fruta pode ser conferida em mais de 30 cidades fluminenses

O Dia da Banana foi comemorado nesta quarta-feira, dia 22. E, no estado do Rio de Janeiro, o cultivo da fruta está presente em mais de 30 municípios, o que a torna uma importante fonte de geração de emprego e renda em muitas dessas cidades. Atenta a isso, a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento tem atuado por meio de uma linha de crédito, o frutificar, que concede empréstimos a juros baixos, além de oferecer auxílio técnico aos produtores que solicitam esse tipo de apoio. O objetivo é um só: fortalecer a cultura da banana.

O Brasil é o quarto maior produtor do mundo da fruta, e, de acordo com a Emater-Rio, a cultura da banana está espalhada por diferentes regiões fluminenses. Mangaratiba se destaca no cultivo da banana prata, com uma produção de mais de 12 mil toneladas por ano; Santa Maria Madalena, com a espécie nanica, produz mais de 7 mil toneladas por ano. Seropédica também aparece com destaque nesse ranking.

– O fomento à produção de diversas culturas é permanente por parte da Secretaria de Agricultura, através da concessão de créditos e, também do assessoramento técnico aos produtores. Um trabalho que não para! Queremos ver nossos produtores ganhando espaço com produtos de qualidade para população – afirma o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Leia Também:  Mutirão do Detran.RJ oferece 3,2 mil vagas para os serviços de primeira licença e habilitação

Um exemplo de quem tira o sustento da família com a fruta é o agricultor Marcelo Furtado Gomes, que há 10 anos atua nessa cultura. Ele e a mulher, Fernanda, trabalham nos 2,7 hectares de área plantada no município de Saquarema, na Região dos Lagos, onde se dedicam-se à plantação de banana prata e pacovan.

– Trabalho com agricultura familiar, sou produtor e técnico em agropecuária. Por incrível que pareça, durante a pandemia, eu e minha esposa não paramos, trabalhamos muito. Graças a Deus tivemos bons resultados. Juntos, entregamos inúmeras cestas de produtos orgânicos em nossa cidade – conta o produtor.

Queridinha dos brasileiros

A banana é uma das frutas tropicais mais consumidas no mundo, possui elevado valor nutricional, apresenta preço acessível e é disponível para grande parte da população durante todo o ano. Nutricionista da Secretaria de Agricultura, Tatiana Novo ressalta que a fruta é uma excelente fonte energética, e contém vitaminas do complexo B (B1, B2 e niacina), A e C. Além disso, é rica em sais minerais, sobretudo potássio, magnésio e fósforo.

Leia Também:  Boletim Coronavírus (01/01): 25.600 óbitos e 435.390 casos confirmados no RJ

– Dentre as propriedades funcionais, podemos citar o fornecimento de energia rápida, sendo uma excelente fonte de carboidrato, o auxílio na digestão e saciedade e em quadros de depressão e ansiedade, além de melhorar o humor por ser fonte de triptofano – destaca a nutricionista.

Frutificar: Linha de crédito

Com o Frutificar, uma das linhas de créditos do programa da Secretaria de Agricultura, o Agrofundo, os produtores têm acesso a linha de crédito específica para financiamento de projetos de fruticultura, novas tecnologias de produção, além de apoio técnico.

– Esse segmento do Agrofundo visa o aumento da produção e produtividade do cultivo de frutas no estado do RJ. Hoje, podemos destacar a criação de um Polo de produção financiada e acompanhada pelo programa Fruticar na Região Noroeste, com toda a estrutura necessária de colheita da fruta. Além da existência de câmara fria, temos a parte de seleção e de embalagens da banana – ressalta Ronaldo Soares coordenador do Agrofundo.

Para solicitar o empréstimo entre em contato através dos escritórios locais da Emater ou através do e-mail: [email protected]

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo
Propaganda
- PUBLICIDADE -

MAIS LIDAS DA SEMANA