- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioRIO DE JANEIROProjeto de Educação Sanitária é destaque em escolas de áreas rurais fluminenses

Projeto de Educação Sanitária é destaque em escolas de áreas rurais fluminenses

Mais de 800 alunos do Ensino Fundamental já receberam aulas sobre sanidade agropecuária

O Projeto de Educação Sanitária atinge mais de 800 alunos em 14 municípios fluminenses por meio dos 79 professores do ensino fundamental capacitados pela Secretaria de Estado de Agricultura, para desenvolverem as ações educativas sobre sanidade agropecuária. A iniciativa da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento leva aspectos socioeconômicos das doenças, seus sinais clínicos, transmissão, riscos, manejo na vacinação dos animais, prejuízos e prevenção, higidez dos alimentos e a importância do uso correto dos agrotóxicos e destino das embalagens em prol do meio ambiente e da saúde coletiva.

– Nosso objetivo é possibilitar maior conhecimento sobre os cuidados e desafios das áreas rurais aos alunos do ensino fundamental. Além disso, queremos que o aluno leve o que aprendeu em sala de aula aos seus familiares, difundindo noções de saúde coletiva através dos materiais didáticos disponibilizados pela Secretaria de Agricultura – contou o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Professora há 22 anos, Josany de Freitas Ferreira Motroni, revela que os alunos estão muito felizes com o projeto, mesmo morando na zona rural, muitos ainda não tinham conhecimento sobre os assuntos abordados.

– Desde a apresentação até a implementação está sendo muito prazeroso participar dessa iniciativa. O material é excepcional, muito ilustrativo, ajudando na atenção dos alunos e tornando tudo mais leve. Os alunos estão empolgados e curiosos. É muito valioso para mim como educadora ver todo esse empenho dos meus pupilos – ressaltou a professora Josany, que trabalha na Escola Municipal Vereador Alberto Alvino de Mattos, no município de Duas Barras.

A educadora Janaina Barros, de Angra dos Reis, evidencia o quanto o projeto é enriquecedor e esclarecedor, tornando as aulas mais práticas e objetivas.

– Agradeço imensamente a oportunidade de participar desse projeto tão maravilhoso. É realmente um sucesso, não tem preço levar um aprendizado dessa qualidade aos meus alunos, é sempre um prazer – afirmou a professora Janaina.

Sobre o Projeto

O projeto existe desde 2013. Nos últimos anos, mais de 600 professores de áreas rurais foram capacitados, com envolvimento de mais de 10.000 alunos de 63 municípios do território fluminense. São abordados sete temas: febre aftosa, raiva, brucelose, tuberculose, alimentos seguros, teníase, agrotóxicos e destino das embalagens.

As aulas servem como uma proposta de módulos curtos para que o espectador possa compreender melhor cada tema abordado. Todos os alunos recebem um kit com sete histórias em quadrinhos cada um com 15 páginas, e junto ao professor as crianças criam desenhos, poesias, músicas, frases e outras atividades com base no material recebido.

De acordo com a coordenadora do Projeto, Rosa Maria Antunes, o projeto visa educar para saúde e chamar a atenção dos envolvidos no projeto para a importância da prevenção e proteção da sanidade agropecuária, promovendo mudanças cognitivas principalmente no que se refere a um novo comportamento para a sanidade animal, vegetal e a segurança dos alimentos em prol do meio ambiente e da saúde coletiva.

– Os alunos aprendem e apreendem assuntos sérios de uma forma lúdica e se tornam multiplicadores dos temas. Desenvolver as ações do projeto é muito gratificante para todos nós da defesa agropecuária do estado do Rio de Janeiro – relatou a coordenadora.

Confira as cartilhas com material educativo, dividido pelas temáticas citadas acima. Acesse: https://bit.ly/2S4FTpi

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
MAIS LIDAS DA SEMANA