- PUBLICIDADE -
InícioPOLÍCIA CIVIL SPPolícia Civil esclarece crimes ocorridos recentemente no Jardim Guaiúba, no Guarujá

Polícia Civil esclarece crimes ocorridos recentemente no Jardim Guaiúba, no Guarujá


.

Brasão Nacional PCSP Moldura.pngNesta sexta-feira (12), a Polícia Civil, por meio Delegacia de Polícia Sede do Guarujá, em conjunto com policiais da 3ª Delegacia de Polícia de Investigações sobre Homicídios de Santos esclareceu a morte de um homem, de 50 anos, que foi encontrado morto no morro no Jardim Guaiúba, no caminho conhecido como “Trilha da mata”, no Guarujá, no dia 15 de abril. Ele trabalhava como segurança na Escola Municipal, no bairro Santa Rosa.

Após a identificação da vítima e oitiva dos familiares, investigadores descobriram que uma pessoa, após o crime, havia tentando aplicar um golpe financeiro nos familiares utilizando o celular da vítima.

As diligências continuaram e os agentes descobriram como o autor do crime conseguiu a confiança da vítima. Ele a levou até um lugar desabitado, utilizando uma corda para sufocá-la e matá-la, para depois subtrair sua carteira. Em abril, um idoso (64 anos) e uma mulher (23 anos) que foram vítimas de roubos no Jardim Guaiúba e sobreviveram ao ataque, relataram o mesmo modo de agir do criminoso.

A prisão em flagrante de um homem, de 34 anos, dia 5 de junho, realizada pela Polícia Militar, narrava que uma mulher (24 anos) havia marcado um encontro, via aplicativo de relacionamento, com um homem no Jardim Guaiúba. No momento do encontro, o homem deu um soco na vítima e a estrangulou até que desmaiasse, pegando seus pertences. A vítima, entretanto, conseguiu ver a casa onde o criminoso havia entrado. Acionada a PM, o autor foi preso na posse dos bens recentemente subtraídos, além de objetos das vítimas anteriores (celulares, correntes, anéis).

Na posse dessas informações a equipe chamou as vítimas dos crimes semelhantes e obteve o reconhecimento do autor em cinco casos. Além dos crimes patrimoniais e contra a vida, o suspeito, que já possuía passagens criminais pelos crimes de roubo e tráfico de drogas, foi reconhecido também em um crime de estupro seguido de roubo ocorrido no Jardim Guaiúba, na madrugada do dia 2 de junho.

As investigações prosseguem para identificar demais vítimas.

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA