- PUBLICIDADE -

POLÍCIA CIVIL DF

PCDF elucida crime em festa clandestina

Publicados

em


A 33ª DP, após ser noticiada dos disparos de arma de fogo efetuados na QR 204 de Santa Maria, em uma festa clandestina ocorrida na manhã no dia 25, passou a realizar diligências no sentido de identificar os autores dos disparos.

Uma imagem do momento foi veiculada nas redes sociais, sendo possível perceber três atiradores. No sábado , alguns suspeitos que estariam presentes na festa foram apresentados, contudo não surgiram indícios de que eles seriam os autores dos disparos. Diligências prosseguiram ao longo do fim de semana para de fato identificar os sujeitos que aparecem nas imagens. No domingo, 27, o primeiro autor foi identificado.

A prisão preventiva do mesmo, assim como mandados de busca foram solicitados ao plantão judiciário, sendo todas medidas deferidas, com cumprimento das buscas na manhã de segunda-feira, 28, quando foi possível reunir mais elementos a respeito dos outros autores, que foram identificados e tiveram suas prisões preventivas deferidas.

Na oportunidade, em uma das residências, foi apreendida uma pistola Taurus calibre 380, que será submetida a exames no sentido de apurar se a mesma foi utilizada no evento. Prosseguindo com as investigações, o primeiro autor foi preso pela PCDF.

Leia Também:  Ações da 1ª DP resultam na apreensão de 20 kg de maconha

Em continuidade às diligências, dois dos envolvidos foram identificados, localizados e presos, inclusive, um deles é um militar do Éxercito, o qual se apresentou nessa segunda-feira (4), à autoridade policial da 33ª DP, onde foi submetido aos procedimentos da Lei em razão do cumprimento ao mandado de prisão expedido pela Justiça do DF contra o militar.

Segundo o delegado-chefe ajunto da 33ª DP, Paulo Fortini, apenas o terceiro envolvido ainda se encontra foragido, podendo ser preso a qualquer momento. Denúncias e informações poderão ser feitas diretamente na delegacia ou pelos meios digitais. 

A PCDF disponibiliza os seguintes meios para recebimento de denúncias:

  • O Disque-Denúncia, telefone 197 – ligação gratuita – 24 horas;
  • O e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.;
  • WhatsApp (61) 98626-1197;
  • O Denúncia On-line: http://www.pcdf.df.gov.br/servicos/197

 Por esses canais, você pode denunciar foragidos da justiça e crimes que já ocorreram, que estão em andamento ou que tenha conhecimento que estão sendo planejados. Não é necessário se identificar.

Leia Também:  PCDF prende homens por tráfico de drogas

Outras informações sobre o caso pelos números 3207.9100, 3207.9107, 3207.9110 e 3207.9101.

Assessoria de Comunicação/DGPC

#PCDFemAção

PCDF, excelência na investigação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo
Propaganda
- PUBLICIDADE -

MAIS LIDAS DA SEMANA