- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioPiauíMedidas do governo fizeram Piauí ter equilíbrio na economia em 2020

Medidas do governo fizeram Piauí ter equilíbrio na economia em 2020


Reunião de apresentação da empresa espanhola GasGas

Em 2020, o Piauí conseguiu, apesar da pandemia da Covid-19, atrair investimentos nas mais diversas áreas do estado, graças ao trabalho realizado pela Secretaria do Desenvolvimento Econômico. Além da inauguração de projetos locais, também foram fechados acordos para que empresas de fora se instalem em nosso estado, garantindo o desenvolvimento da economia.

Logo no início do ano, foi inaugurado o Polo Têxtil de Piripiri, que teve sua abertura oficial adiada para abril de 2021, período em que os lojistas estarão preparados para atender a demanda do público. A obra foi realizada com investimentos em torno de R$ 1,5 milhão e será um dos principais pontos comerciais do estado, recebendo visitas inclusive de compradores de outros estados do Nordeste. Além disso, abriu portas para a entrada de empresas de fora que possuem interesse em explorar as potencialidades do Piauí.

Uma dessas empresas é a indústria de motos espanhola GasGas, que tem data de instalação definida para julho do próximo ano,  com investimento de R$ 20 milhões.  A instalação será feita em três etapas. Já a empresa Rutten – Rudloff Protende Engenharia inaugurou no início do ano uma filial no município de Paulistana, garantindo a produção de equipamentos que façam parte da montagem das torres eólicas do parque eólico de Lagoa do Barro e gerando emprego e renda para a população da região.

Outra ação importante foi a criação de uma cerveja genuinamente piauiense, a Berrió, lançada pela Ambev, em setembro deste ano. A bebida é produzida inteiramente no Piauí, em parceria com agricultores familiares, tendo em sua composição o caju, fruta típica da nossa região. Pelo menos 400 famílias integrantes da Cooperativa de Cajucultores do Piauí (Cocajupi) estão sendo beneficiadas com o projeto.

Atuação durante a Covid-19

Com a proposta de tentar reduzir os impactos do isolamento social no setor de comércios e serviços do Piauí, o Governo do Estado, por meio da SDE, em parceria com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Piauí (FCDL) e o Sebrae, lançou a plataforma Piauí Delivery, permitindo que consumidores façam compras pela internet e recebam os produtos em casa.

A iniciativa permitiu que comerciantes de diversas áreas pudessem continuar vendendo seus produtos, enquanto deixou boa parte da população consumidora dentro de casa, evitando aglomerações na fase mais grave da pandemia.

Fonte: Governo PI

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
MAIS LIDAS DA SEMANA