- PUBLICIDADE -
InícioPARANÁCertificação do Tecpar valoriza produtos orgânicos da RMC e dá segurança ao...

Certificação do Tecpar valoriza produtos orgânicos da RMC e dá segurança ao consumidor

O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) tem atuado fortemente para apoiar o desenvolvimento regional em cidades da Região Metropolitana de Curitiba. As ações são do Tecpar Certificação, divisão que atesta a conformidade de agricultores que produzem alimentos orgânicos, seguindo as técnicas de manejo estabelecidas na legislação.

Nos últimos anos, a quantidade de certificados emitidos pelo Tecpar a agricultores orgânicos na Grande Curitiba vem crescendo. Só em 2021, foram entregues 302 para produtores de 20 cidades. É quase o dobro das certificações emitidas em 2018, quando foram concedidas 153.

Entre os principais produtos certificados na região estão abóbora, abobrinha, amora, café, hortaliças folhosas, limão, morango, tomate, vagem e a tanchagem (planta medicinal).

O diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, observa que devido à extensa área territorial, as cidades da RMC possuem um grande potencial produtivo, que está em ascensão com ações de fomento e valorização da agricultura familiar.

“O Tecpar faz parte deste processo, cumprindo um importante papel no desenvolvimento da economia local, ao contribuir para que a certificação de orgânicos seja um grande diferencial para os pequenos produtores da cidade, com base na produção sustentável”, destaca.

SHITAKE – Na região rural de Araucária, na Grande Curitiba, o casal de produtores Gilmar Matos de Andrade e Nanci Novak vive da agricultura orgânica há cerca de oito anos. Os alimentos produzidos na propriedade, que tem 1,92 hectare e recebe o nome de Recanto das Laranjeiras, são certificados pelo Tecpar desde 2016.

Além de uma variedade de hortaliças, uvas e morango, em 2021 a produção da chácara passou a contar com um diferencial: o cultivo do shitake orgânico, segundo cogumelo comestível mais consumido no mundo.

Nanci conta que tudo começou com uma horta orgânica. Por sugestão de um amigo, o casal que vendia seus produtos individualmente na área urbana da cidade começou a oferecer cestas com alimentos diversos. A produção cresceu e, devido à grande procura, a família buscou o Tecpar para obter a certificação de orgânicos.

“Sempre tivemos a consciência de não utilizar adubos químicos na nossa produção. O que faltava mesmo era certificar para atestar que oferecemos um produto agroecológico”, diz a produtora.

A ideia deu certo e hoje a família gera sua renda com a venda dos kits sob encomenda para clientes de Curitiba. A cesta é composta por produtos do Recanto das Laranjeiras – incluindo o shitake – e de outras famílias da região, que também têm sua produção certificada pelo Tecpar.

“Hoje em dia há muitos produtores dizendo que sua produção é orgânica, quando sabemos que não é. Ter o selo de certificação do Tecpar é uma garantia e segurança para o consumidor, e também uma forma de valorizar nossos produtos no mercado”, diz Nanci.

PIONEIRO – Primeiro organismo de certificação de orgânicos por auditoria do Brasil, o Tecpar Certificação se destaca como o terceiro maior certificador por auditoria do segmento do País, credenciado pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Segundo o ministério, atualmente 545 produtores rurais do Paraná têm a certificação de orgânicos concedida pelo Tecpar.

ABRANGÊNCIA – Na Grande Curitiba, o Tecpar também já certificou propriedades nos municípios de Adrianópolis, Agudos do Sul, Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Colombo, Contenda, Curitiba, Itaperuçu, Lapa, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais e Tijucas do Sul.

Fonte: Agência Estadual de Notícias

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA