- PUBLICIDADE -
InícioParaíbaProjeto Quintas Dialógicas discute o feminismo afro latino de Lélia Gonzalez

Projeto Quintas Dialógicas discute o feminismo afro latino de Lélia Gonzalez


A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) realiza, nesta quinta-feira (12), mais uma edição do projeto ‘Quintas Dialógicas’, organizado pelo Cine-Teatro São José de Campina Grande, em parceria com a TV UEPB. A convidada é a jornalista e professora universitária Carla Borba, que conversará sobre o tema “Lélia Gonzalez: uma voz feminina negra com nome e sobrenome”.

A atividade ocorre às 18h, com transmissão ao vivo no canal da Funesc no YouTube (www.youtube.com/funescpbgov) e TV UEPB. A apresentação fica a cargo do músico e produtor cultural Toninho Borbo. 

Além de graduada em Jornalismo e professora da Unifacisa e de cursos de pós-graduação em Campina Grande, Carla Borba é mestre em Ciências Sociais, especialista em Metodologia do Ensino Superior e pós graduanda em Direitos Humanos pela PUCRS.

No mês em que se celebra o Dia da Consciência Negra, ela é convidada para uma conversa dirigida, sobretudo, à população negra, trazendo à tona a memória de Lélia Gonzalez, pioneira nas discussões intelectuais sobre relação entre gênero e raça no Brasil, responsável também por denunciar o racismo e o sexismo que sofrem as mulheres negras em obras literárias, acadêmicas e na política.

Lélia Gonzalez nasceu em Belo Horizonte (MG) em 1935, mudando-se para o Rio de Janeiro aos oito anos. Graduou-se em História e Geografia, fez mestrado em Comunicação e doutorado em Antropologia Política. Atuou como professora em escolas de nível médio, faculdades e universidades e fez de suas aulas de Filosofia um espaço de resistência e crítica político-social.

Lecionou o Curso de Cultura Negra na Escola de Artes Visuais do Parque Lage e ajudou a fundar instituições como o Movimento Negro Unificado (MNU), o Instituto de Pesquisas das Culturas Negras (IPCN), o Coletivo de Mulheres Negras N’Zinga e o Olodum. Sua militância em defesa da mulher negra levou-a ao Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM), entre 1985 a 1989.

As ‘Quintas Dialógicas’ são uma iniciativa da Funesc, cuja ideia é promover um debate franco e aberto entre a sociedade, artistas e acadêmicos, trazendo assuntos multidisciplinares, temas diversos relacionados ao conceito de cultura, no âmbito da sociologia, filosofia, mídia, tecnologia, entre outros. A proposta busca fomentar a formação intelectual e artística dos participantes. 

SERVIÇO:

Quintas Dialógicas 

Data: 12/11, às 18h 

Tema: “Lélia Gonzalez: uma voz feminina negra com nome e sobrenome”

Debatedora: Carla Borba (jornalista e professora)

Apresentação: Toninho Borbo 

Local: TV Funesc (www.youtube.com/funescpbgov) e Facebook da UEPB 

Parceria: TV UEPB

Fonte: Governo PB

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA