- PUBLICIDADE -
InícioMINAS GERAISEstado disponibiliza oito novos conjuntos de dados abertos à população

Estado disponibiliza oito novos conjuntos de dados abertos à população

O Portal de Dados Abertos de Minas Gerais passa a disponibilizar, neste primeiro mês de 2022, oito novos conjuntos de dados abertos. São eles: Compras e ContratosDespesas com diáriasDespesas com dívida públicaDespesas com pessoalDespesa com repasse a municípiosDespesa públicaRestos a Pagar e Viagens.

Esta é mais uma medida que demonstra a seriedade com que o Governo de Minas trata a transparência de informações públicas, que são ferramentas fundamentais para fortalecimento do controle social.

Além desses dados, também foram atualizados conjuntos sobre Convênios de Entrada de RecursosConvênios de Saída de Recursos; e Receita Pública

Todos esses conjuntos correspondem a consultas do Portal da Transparência, e sua divulgação faz parte do Planejamento Estratégico da Controladoria-Geral do Estado de Minas Gerais (CGE-MG). De acordo com a meta estabelecida, a divulgação desses conjuntos no Portal de Dados Abertos deve seguir mesma periodicidade de atualização das consultas correspondentes no Portal da Transparência. No caso dos 11 conjuntos de dados publicados, a atualização é diária. 

Tecnologia premiada

Para viabilizar a carga automática dos dados, a CGE desenvolveu o Data package manager for CKAN (DPCKAN). O DPCKAN é uma ferramenta utilizada para criação e atualização de conjuntos de dados e recursos, que são documentados de acordo com o padrão de metadados – Frictionless Data – em uma instância do CKAN. Recentemente, essa ferramenta ganhou prêmio de melhor projeto em hackaton internacional.

O CKAN, sigla para Comprehensive Knowledge Archive Network, é uma ferramenta para criação e catalogação de repositórios de dados abertos, mantida pela Open Knowledge Foundation, uma rede colaborativa sem fins lucrativos promotora do conhecimento livre. O CKAN é a ferramenta mais utilizada pelos portais públicos de dados abertos no mundo. 

“Essa iniciativa foi fruto da colaboração entre setores da CGE, em especial o Núcleo de Combate à Corrupção (NUCC) e a Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTI), e reforça o nosso compromisso com a transparência, enquanto diretriz de governo. Esperamos que os dados possam ser utilizados pela comunidade e que possam ser mais uma possibilidade para o cidadão exercer seu papel no controle social”, afirma  o diretor central de Transparência Ativa, Francisco Alves de Oliveira Júnior. 

Fonte: Agência Minas Gerais

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA