MATO GROSSO

Inspiradas na obra de Jose Paulo Paes, professoras utilizam a poesia para ensinar e motivar os alunos

Published

on


Três professoras alfabetizadoras da Escola Estadual João Batista, em Tangará da Serra (231 km ao médio-norte da Capital), usam a poesia para motivar seus alunos do 1º e 2º ano do Ensino Fundamental. As aulas também servem para estimular a linguagem oral, escrita e a corporal.

As professoras pedagogas Leonilda Alves Ribeiro, Celma Ferreira Nascimento e Márcia Aparecida da Silva se inspiraram na mensagem da poesia ‘Convite’, de Jose Paulo Paes (que é brincar com as palavras). Com isso, conseguiram trabalhar uma atividade diferenciada.

A participação dos alunos foi registrada em vídeo com todas as declamações. No entendimento das pedagogas, trata-se de trabalho que vai além das palavras, considerando o momento da pandemia.

“Fomos convidadas, através da arte poética, a intensificar em nossos pequenos aprendizes a sensibilidade humana. Assim a poesia transforma nosso estado mental e social, sem falar de seu poder de transformar o mundo”, ressalta Leonilda.

A proposta chegou aos pais que aceitaram, de imediato, e logo começaram a postar vídeos de declamação dos alunos. Os pais foram treinando os alunos e com a orientação das professoras, que acompanharam a evolução. “Eles gravaram pelo celular e mandaram pelo grupo de WhatsApp de cada turma”, destaca Leonilda.

Leia Também:  Sedec realiza "Desapega Solidário" nesta quinta-feira (17)

Nessa atividade motivadora, as professoras decidiram trabalhar com a sonoridade das palavras e, para isso, selecionaram poemas e poesias que falavam de sonhos, fantasias, reflexão e alegria, em paralelo a múltiplos ensinamentos.

Desafio

A pedagoga explica que as aulas online são um desafio constante para todos os envolvidos e, principalmente, para o professor, pois exigem mais para preparar algo diferenciado.

Leonilda frisa que o alfabetizador deve recorrer a estratégias capazes de se sensibilizar com o mundo da poesia e repassar esse encantamento para seus alunos e, com isso, “levá-los a aprender degustando saborosos versos com criatividade e conhecimento significativos”.

Para as professoras, o trabalho com a poesia não só incentiva desenvolver essa habilidade como também serve de indicativo da aprendizagem.

“Nós conseguimos, durante as etapas, observar os diferentes níveis da linguagem em que os alunos se encontram, mesmo estando distante. Nesse tempo de pandemia consideramos importante trabalhar a questão emocional. Observamos ao final a felicidade deles ao se verem declamando”, avalia Celma Ferreira.

Fonte: GOV MT

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MAIS LIDAS DA SEMANA