- PUBLICIDADE -
InícioMaranhãoProdutor maranhense tem mais prazo para vacinar rebanho contra febre aftosa

Produtor maranhense tem mais prazo para vacinar rebanho contra febre aftosa

Com o propósito de não prejudicar o produtor rural maranhense e evitar comprometimento nos resultados da segunda etapa de vacinação contra febre aftosa no Maranhão, o Ministério da Agricultura (Mapa) atendeu ao pedido da Agência Estadual de Defesa Agropecuária (AGED/MA) que prorroga até o dia 31 de dezembro o prazo para vacinar os rebanhos bovinos e bubalinos de 0 a 2 anos em todo o Estado, considerando o contexto de que em 2021 houve desabastecimento das doses de vacina no comércio.

A prorrogação também se estendeu quanto ao prazo para comprovação da imunização dos animais que poderá ser feita pelo produtor até o dia 15 de janeiro de 2022. A comprovação deverá ser feita no escritório da AGED, onde o produtor tem sua propriedade cadastrada ou feita por meio digital, através de correio eletrônico (e-mail). Para saber os contatos dos escritórios, basta acessar www.aged.ma.gov.br/atendimento.

O Mapa, por meio da Divisão de Febre Aftosa (DIFA), emitiu no processo n° 21022.077589/2021-99, o parecer favorável ao pleito da AGED, com o propósito de manter a imunidade do rebanho maranhense em percentuais que assegurem a manutenção do status de zona livre de febre aftosa com vacinação, até que todas as ações do plano estratégico sejam cumpridas e o Estado tenha condições de retirar a vacinação e receber o reconhecimento internacional, pela OIE, de zona livre sem vacinação.

Com os novos prazos, a perspectiva é de atingir um índice de cobertura vacinal acima de 95%, do universo de quase 3 milhões de bovinos e bubalinos no Estado do Maranhão com idade de 0 a 2 anos, animais estes alvo desta etapa de campanha. Agência acredita que é compromisso de todos continuar vacinando o gado para que o Maranhão avance e conta com a parceria do produtor em mais essa etapa.

Fonte: Agência de Notícias do Maranhão

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA