- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
InícioMaranhãoObras do Governo do Estado fortalecem comércio de Imperatriz e região

Obras do Governo do Estado fortalecem comércio de Imperatriz e região

Secretário de Infraestrutura, Clayton Noleto. (Foto: Divulgação)

A revitalização e cobertura do Calçadão, a climatização do Centro de Convenções e a reforma da Beira-Rio são algumas das obras do Governo do Estado com impacto direto no desenvolvimento do comércio de Imperatriz, apresentadas pelo secretário da Infraestrutura, Clayton Noleto, no lançamento da Agenda de Desenvolvimento do Programa Líder da Região Tocantina. O evento é promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com o objetivo de atuação integrada entre as lideranças do poder público, entidades privadas e do terceiro setor para a promoção desenvolvimento sustentável dos territórios.

A Agenda de Desenvolvimento do Programa Líder da Região Tocantina aconteceu nesta quarta-feira (20), às 17h, no Palácio do Comércio de Imperatriz. Noleto falou sobre o impacto desses investimentos para o comércio regional. “Imperatriz é cidade polo de toda uma região composta por mais de 20 cidades, então o impacto dessas obras é muito grande. Com as obras do Calçadão, os clientes são atraídos para o local, que agora disponibiliza mais conforto. O mesmo para o Centro de Convenções, que agora dispõe de condições para consolidar a cidade como referência nos eventos de negócios. E a Beira-Rio, que atraiu novos pequenos negócios com o aumento do número de frequentadores. Investimento que permite mais renda e melhores condições de vida para as famílias”, destacou o secretário.

Mais investimentos

A cidade conta com duas grandes obras em andamento que são executadas pela Sinfra: a construção do novo Hospital de Urgência Emergência da Região Tocantina, localizado na Pedro Neiva de Santana; e do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Estadual da Região Tocantina do Maranhão (UEMASUL).

A unidade hospitalar vai dispor de uma estrutura moderna composta por 131 leitos, sendo 120 de enfermaria e 11 de UTI, desafogando o Socorrão e garantindo mais qualidade no atendimento aos pacientes. Já o Centro de Ciências Agrárias da UEMASUL vai contar com 20 salas de aula, uma de controle, quatro para administração, uma de informática, quatro de manutenção técnica, 21 laboratórios, auditório, cantina, cozinha, oito banheiros, uma biblioteca e estacionamento — toda a estrutura necessária para garantir a produção do conhecimento regional.

< href="https://www.ma.gov.br/agenciadenoticias/?p=322839">

Fonte: Agência de Notícias do Maranhão

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
MAIS LIDAS DA SEMANA