- PUBLICIDADE -

CEARÁ

Telessaúde da Sesa amplia e moderniza atendimento para dar suporte à população e a profissionais de saúde

Publicados

em

Suzana Mont’Alverne – Ascom Sesa Texto
Francisco Oliveira Artes gráficas

A pandemia de Covid-19 exigiu mudanças em todos os âmbitos. No Ceará, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) fortaleceu o Núcleo de Telessaúde, criado em 2013, para auxiliar na assistência aos usuários das unidades de saúde, visto que, com as medidas sanitárias impostas, não podiam ir presencialmente ao local. A plataforma de atendimento foi modernizada: houve ampliação no número de equipamentos e profissionais capacitados para a realização do serviço.

Atualmente, 957 médicos e profissionais de saúde estão cadastrados no Telessaúde. Dez unidades da Sesa prestam atendimento remoto. “Os profissionais cadastrados atendem nos equipamentos, bem como na orientação de pacientes com suspeita de Covid-19 ou com reação vacinal”, explica o articulador e médico de Família e Comunidade Allan Denizard, que atua no serviço.

Este ano, 28.670 atendimentos foram realizados. Destes, 12.240 interações entre usuários e profissionais foram relacionadas à Covid-19. “Dúvidas quanto aos novos sintomas das variantes, processos de vacinação e orientações quanto aos seus efeitos adversos”, exemplifica o médico.

Leia Também:  Cineteatro São Luiz recebe exposição "Perecível" de Felipe Camilo

Segundo Denizard, a plataforma conta, ainda, com recurso de inteligência artificial para captar pacientes positivados no teste da doença, direcionando-os para o “atendimento humano” aqueles com sinais de alarme autorreferidos. “No ano de 2021, foram 8.057 triagens realizadas, sendo 57% com risco moderado a grave. Destes, 25% receberam orientação para manter isolamento e 13% foram instados a comparecer aos serviços de emergência para avaliação presencial”, detalha. O atendimento aos usuários ocorre via WhatsApp (85 8439-0647), Telegram (@plantaocoronavirus), hotsite Coronavírus e chats pelos sites institucionais da Sesa e do Governo do Ceará.

Apoio às unidades

Além do atendimento aos usuários das unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), os profissionais do Núcleo de Telessaúde da Sesa dão suporte às unidades primárias, secundárias e terciárias. A assistência especializada pode ser realizada por meio de consulta síncrona, que permite que os profissionais avaliem os casos em tempo real, ou assíncrona (até 72h para resposta).


“A interatividade simultânea entre os profissionais possibilita maior detalhamento dos casos. Isso pode permitir muitas vezes uma tomada de decisão clínica durante a consulta”, comenta o articulador. É importante sublinhar, também, que há uma equipe de intérpretes de Língua Brasileira de Sinais (Libras) para dar suporte a pessoas com deficiência auditiva.

Leia Também:  HM reduz superlotação e tempo de permanência de pacientes na emergência com apoio de projeto inovador

Fazem parte do quadro de suporte aos profissionais especialistas de 24 áreas médicas. São elas: Cardiologia, Cirurgião-Dentista, Cirurgia-Geral, Cirurgia Vascular, Dermatologia, Endocrinologia, Família e Comunidade, Gastroenterologia, Ginecologia, Hematologia, Infectologia, Intensivista, Mastologia, Nefrologia, Neurologia, Obstetrícia,Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia, Pneumologia, Proctologia, Psiquiatria, Reumatologia e Urologia.

Os profissionais podem entrar em contato com os médicos especialistas pelo 0800 2805 110, via WhatsApp pelo número (85) 8439-0647 ou ainda pelo site digital.saude.ce.gov.br. O atendimento é realizado das 8h às 17 horas, de segunda a sexta-feira.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo
Propaganda
- PUBLICIDADE -

MAIS LIDAS DA SEMANA