InícioCEARÁPolícia Civil deflagra operação e captura seis suspeitos de tráfico de drogas...

Polícia Civil deflagra operação e captura seis suspeitos de tráfico de drogas na Capital

Além das capturas, drogas, dinheiro e balança de precisão foram apreendidos

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) deflagrou, nessa quarta-feira (24) e quinta-feira (25), a primeira fase da operação “Captum”, que resultou nas capturas de seis pessoas envolvidas com os crimes de tráfico de drogas e associação criminosa. Os alvos, que são integrantes de grupos criminosos, foram localizados em bairros pertencentes às Áreas Integradas de Segurança 03 e 08 (AIS 03 e 08) de Fortaleza. Durante as ações, entorpecentes, dinheiro e outros utensílios para a comercialização dos ilícitos foram apreendidos pelos investigadores.

Equipes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) saíram em diligências com objetivo de cumprir decisões judiciais contra alvos já investigados por crimes de tráfico de drogas e associação criminosa. Na quarta-feira (24), os investigadores prenderam dois suspeitos de tráfico de drogas e integrar organização criminosa.

No momento das capturas, os policiais civis apreenderam na casa dos alvos, identificados como Mayara Ribeiro de Andrade, de 28 anos, e Lucas Batista da Silva, de 28 anos, com passagens por tráfico de drogas, homicídio e porte ilegal de arma de fogo, mais de dois quilos de cocaína e crack, dinheiro em espécie, além de balança de precisão. O flagrante aconteceu em um imóvel, no bairro Messejana, AIS 3 de Fortaleza, onde a dupla recebeu voz de prisão e foi autuada por tráfico de drogas e associação para o tráfico.

Contra eles também foram cumpridos mandados de prisão em aberto. Em ação continuada, nessa quinta-feira (25), os policiais civis capturaram mais quatro pessoas. Todos estavam com mandados de prisão preventiva em aberto. Outras decisões judiciais também foram cumpridas contra alvos que já se encontravam recolhidos em unidades prisionais.

A Polícia Civil segue investigando os capturados com a finalidade de identificar a participação deles em outros crimes, bem como identificar os demais integrantes destes grupos criminosos do qual eles fazem parte.

Denúncias

Para combater a atuação de grupos criminosos no Estado, a população pode repassar informações que auxiliem os trabalhos investigativos. As denúncias podem ser feitas via 181, ou enviando mensagem para o WhatsApp (85) 3101-0181 do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

A Draco mantém um número de WhatsApp para receber denúncias de ações criminosas em todo o Estado. A população pode enviar mensagens de texto, áudios, fotos e vídeos para o número (85) 98969-0182. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: Governo do Estado do Ceará

Últimas Notícias

MAIS LIDAS DA SEMANA