- PUBLICIDADE -

CARROS E MOTOS

Volkswagen Jetta 2022 com motor maior fica mais econômico

Publicados

em

O motor dele aumentou de volume e potência, porém, agrega bem mais tecnologia para se tornar ainda mais eficiente. Este é o caso do Volkswagen Jetta 2022, mas para o mercado norte-americano, onde é vendido por US$ 18.995.

Com números da EPA, a agência ambiental americana, o Jetta 2022 com motor 1.5 TSI mostrou maior economia com o novo propulsor, que estreou no Taos americano. O propulsor de quatro cilindros é uma evolução do EA211 feito em São Carlos, interior de São Paulo.

Volkswagen Jetta 2022 com motor maior fica mais econômico

O consumo médio subiu de 14,0 km/l no 1.4 TSI antigo para 14,9 km/l no caso do 1.5 TSI, tendo este um consumo melhor tanto na cidade quanto na estrada. Tanto com transmissão manual quanto automática, no caso desses números, o Jetta 2022 ficou mais frugal.

O 1.5 TSI usa ainda transmissão Aisin de oito marchas, que confere melhor rendimento em desempenho e consumo. Lá, o antigo 1.4 TSI também usava o mesmo câmbio. No caso do Jetta 2022, a potência chega a 160 cavalos e o torque a 25,5 kgfm.

Leia Também:  Peugeot confirma que terá novo 208 elétrico no Brasil

Volkswagen Jetta 2022 com motor maior fica mais econômico

Com 10 cavalos a mais e tamanho maior, o 1.5 TSI ainda se apoia na tecnologia para fazer a diferença, tendo ciclo Miller e turbina de geometria variável, comum aos motores diesel, por exemplo. Tendo uma nova programação e sistema de desligamento de cilindro, que o faz trabalhar em baixa apenas com dois pistões.

O antigo 1.4 TSI tinha o que já conhecemos bem: 150 cavalos e 25,5 kgfm. Isso mostra que a troca foi benéfica para o produto, feito em Puebla , no México. Além disso, a linha 2022 melhorou o consumo do Jetta GLI, que não teve alteração do motor EA888 2.0 TSI.

Volkswagen Jetta 2022 com motor maior fica mais econômico

Este tem 230 cavalos e 35,7 kgfm, tendo ainda opção manual ou automática de oito marchas. Aqui, o Jetta deixou de ser oferecido com motor 1.4 TSI, tendo apenas o GLI, com preço sugerido de R$ 192.750. Com isso, o sedã médio da VW abandonou a briga do segmento. Visando a hibridização e o baixo consumo, logo ele estará no lugar do 1.4 TSI também no Brasil.

[Fonte: Carscoops]

Leia Também:  Volkswagen e-up! chega ao mercado uruguaio de forma oficial

AUTOMOTIVO

Fonte: Agência Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo
Propaganda
- PUBLICIDADE -

MAIS LIDAS DA SEMANA