CARROS E MOTOS

Saiba quais novidades da fusão da PSA com a FCA devem chegar ao Brasil

Published

on


source

O ano de 2021 acaba de começar com a fusão da PSA com a FCA dando origem ao Grupo Stellantis. O principal objetivo é redução de custos e aproveitar a sinergia para desenvolvimento de novos projetos na era da eficiência e dos inovadores conceitos de mobilidade. No mercado global, toda linha da PSA deverá ser eletrificada até 2025 e pelo menos 30 modelos da FCA passarão pelo mesmo processo dentro de apenas um ano.

No Brasil, porém, os planos de lançamentos não deverão incluir tantos híbridos e elétricos, como pode ser visto na lista de 10 novidades da Stellantis que deverão chegar ao País até o fim de 2021. Além disso, a situação da PSA no mercado brasileiro é bem delicada, mais do que se encontra em outros países.

Tanto Peugeot quanto Citroën precisam reagir, já que estão as marcas que mais perderam participação no mercado no Brasil nos últimos seis anos e estão sem produtos com bom apelo no mercado. A reportagem de iG Carros conversou com André Pimentel, especialista em fusão e aquisição e sócio da consultoria Performa Partners. Segundo ele, em linhas gerais, a Stellantis veio para FCA e PSA sobreviverem na nova era da mobilidade.

Ainda conforme o executivo, tanto FCA e PSA vão precisar de novos produtos eletrificados e isso requer uma série de custos. Com a fusão, vão unir forças para terem melhores condições de enfrentar o cenário global diante dos concorrentes. No Brasil, porém, a fragilidade da PSA no mercado não deverá mudar com o início da operação da Stellantis, que terá uma série de outras prioridades em outros mercados.

1 – Citroën C3 Sporty

citroen
Reprodução/K Design

Citroën Sporty: projeção antecipa linhas do novo modelo que a marca deverá ter no Brasil para melhorar a delicada situação da marca no País

A Citroën tem uma estratégia chamada “Smart Car” para a nova década, invertendo a hierarquia com a Peugeot . Os novos produtos da Citroën compreendem um crossover compacto, um hatch e um sedã de baixo custo – e o primeiro deles já deu as caras em testes aqui no Brasil. Acima, a projeção da  K Design antecipa como deverá ser o novo modelo.

Trata-se do modelo que a imprensa indiana chama de “C3 Sporty”. Com características de aventureiro, o novo crossover que chega para brigar principalmente com o VW Nivus ficará abaixo do C4 Cactus na linha de SUVs da marca, com preço que não deve passar de R$ 70 mil.

A nova família da Citroën será produzida em Porto Real (RJ) sobre a plataforma CMF, a mesma que equipa o irmão argentino Peugeot 208. O motor deverá ser o 1.6 aspirado do Grupo PSA, capaz de desenvolver 118 cv e 15,5 kgfm.

2 – SUV do Argo

Argo
Projeção/Kleber Silva

Fiat Argo SUV: deverá ser lançado em 2021 para a marca entrar com força no segmento que mais vende atualmente no Brasil e no mundo

Pouco se sabe sobre o SUV compacto que a Fiat irá lançar no segundo semestre de 2021, mas é certo que ele será para o Argo o que o VW T-Cross é para o Polo. Logo, o designer  Kleber Silva elaborou uma projeção, revelando como um utilitário esportivo da Fiat ficaria com as características de seu hatch mais vendido, na mesma categoria do Jeep Renegade

Leia Também:  Carros novos e usados ficaram mais caros em setembro

No conjunto mecânico, a grande novidade será a nova linha de motores turbinados. No caso da versão 1.0 turbo, estima-se que a potência máxima ficará em 125 cv e no 1.3, em torno de 185 cv, com bloco de alumínio, injeção direta de combustível, controle eletrônico das válvulas de admissão, entre outros recursos. O câmbio será do tipo CVT.

3 – Jeep nacional de sete lugares

Jeep
Reprodução

Jeep de 7 lugares é flagrado em testes no Brasil, onde deverá ser lançado no fim do ano com traços do Cherokee

Em outubro de 2020, a Jeep confirmou que está projetando um novo SUV de sete lugares com motor turbo, que será produzido no Complexo Industrial de Goiana, em Pernambuco. “Será um veículo totalmente novo, não uma versão maior do Compass. O novo modelo será o SUV mais tecnológico desenvolvido na América Latina”, afirmou Ricardo Dilser, gerente de comunicação.

De acordo com os executivos, o novo Jeep nacional que chega no segundo semestre de 2021 será muito mais próximo de um Cherokee do que do Compass. Ele terá componentes da plataforma Small Wide 4×4 do SUV médio, mas ainda será um veículo totalmente independente na família Jeep. Seu nome ainda não foi confirmado.

4 – Peugeot Landtrek

Landtrek
Thiago Ventura

Peugeot Landtrek: inédita picape chega ao Brasil em 2022. Resta saber se não será tarde demais para tentar um lugar ao sol no segmento

A Peugeot Landtrek vai marcar no Brasil o retorno da marca francesa ao segmento de picapes. O modelo, que deverá ser lançado por aqui entre o fim de 2021 e o começo de 2022, tem base na picape chinesa Changan Hunter, com foco em países emergentes.

Com 5,33 m de comprimento e 1,84 m de largura, a Peugeot Landtrek tem medidas próximas da Toyota Hilux e da Chevrolet S10 , modelos que lideram atualmente o mercado de picapes médias no Brasil. Mas troca o motor turbodiesel das concorrentes por um 2.4 turbo a gasolina, de 210 cv e 32,6 kgfm, que pode ser combinado a um câmbio manual ou automático, ambos de seis marchas.

5 – Citroën C5 Aircross

C5 aircross
Divulgação

Citroën C5 Aircross: O aventureiro mais refinado da PSA já deveria ter chegado ao Brasil, mas a crise que levou o euro para as alturas acabou atrapalhando os planos

O irmão mais caro do C4 Cactus já deveria ter estreado no Brasil em 2020, como parte do cronograma da Citroën de ter um lançamento por ano até 2023. Com a alta do euro, hoje avaliado em R$ 6,43, e a pandemia causada pelo novo coronavírus, os planos foram prejudicados.

Leia Também:  Parque Assis Brasil celebra 50 anos como palco do agronegócio internacional

O novo SUV médio do Grupo PSA no Brasil não promete nada de novo no que diz respeito à mecânica no Brasil. O C5 Aircross terá exatamente o mesmo conjunto do Peugeot 3008, contando com motor 1.6 turbo, de 165 cv de e 24,5 kgfm de torque a 1.400 rpm, sempre com câmbio automático de seis marchas.

6 – Jeep Compass 4xe

Compass
Divulgação

Jeep Compass 4xe: versão híbrida do SUV também teve o lançamento atrasado no Brasil por causa da crise causada pela pandemia

Além do novo Jeep de sete lugares, outra novidade da Jeep é o Compass 4xe, uma variação híbrida plug-in do SUV médio que irá chegar por aqui já com o visual reestilizado, revelado no ano passado na China.

O modelo está disponível no exterior em dois níveis de potência. A menos potente combina um propulsor 1.3 a gasolina de 130 cv com outro elétrico, para desenvolver a potência combinada de 190 cv. Já na topo de linha Trailhawk , o mesmo propulsor elétrico é combinado a uma variação de 180 cv no 1.3 turbo, permitindo desenvolver 240 cv.

7 – Fiat 500 elétrico

Fiat
Divulgação

Fiat 500e: também está com a chega confirmada ao Brasil, mas apenas no segundo semestre por causa da pandemia

Lançado na Europa no ano passado, o Fiat 500 elétrico já está com o seu lançamento confirmado para o mercado brasileiro, trazendo por dentro e por fora um visual mais moderno que o 500 a combustão, que deixou de ser vendido por aqui em 2018.

Equipado com um pacote tecnológico com controle de cruzeiro adaptativo e o sistema multimídia UConnect 5, o novo Fiat 500 elétrico pode rodar até 320 km no ciclo combinado e 458 km no ciclo urbano. Compatível com um sistema de carga rápida, a bateria pode ser abastecida em 80% em apenas 35 minutos.

8- Peugeot 208 e-GT

Peugeot
Divulgação

Novo Peugeot 208 elétrico chegou a ser mostrado no Brasil. Mas ainda não começou a ser vendido nas lojas do País

Junto das versões a combustão do novo 208, que agora são produzidas na Argentina, a Peugeot confirmou ainda para o Brasil o lançamento do 208 e-GT . Importado da Eslováquia, o hatch será o primeiro modelo eletrificado da PSA no mercado brasileiro.

Com visual que se destaca pelas linhas mais esportivas que as do 208 “normal”, o elétrico e-GT traz um propulsor de 136 cv, que permite ao modelo acelerar de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos e rodar até 340 km com uma carga completa de bateria. O preço ainda não foi divulgado. Mas espere por valores bem superiores aos R$ 95.990 da versão Griffe com o motor 1.6 flex.

9- Peugeot 3008

peugeot
Divulgação

Peugeot 3008 já mudou na Europa e deve chegar ao Brasil até o fim do ano com as mudanças adotadas por lá

Lançado em 2016, o Peugeot 3008 de 2ª geração passou no fim do ano passado por sua primeira reestilização, que trouxe para a dianteira do SUV traços vistos inicialmente no novo 208, como as luzes diurnas com formato de garras de tigre.

Importado da França, o modelo chega ao Brasil até o fim do ano. As versões a combustão preservam o mesmo conjunto mecânico, incluindo o motor 1.6 THP visto por aqui. A novidade mecânica fica por conta da oferta de duas variações híbridas plug-in: uma com tração 4×4 e 300 cv de potência combinada e outra de 225 cv e tração apenas na dianteira.

10 – Peugeot 5008

peugeot
Divulgação

Novo Peugeot 5008: assim como o 3008, o SUV médio de 7 lugares também mudou e logo deverá chegar com novidades no Brasil

O SUV de sete lugares Peugeot 5008 também ganhou as mudanças estéticas que deram ao irmão menor 3008 as linhas ousadas do novo 208. A dianteira renovada veio acompanhada também de mudanças no interior, com destaques para uma nova central multimídia com tela de 10″ e o sistema de visão noturna.

Sob o capô, o modelo produzido na fábrica de Rennes (França) traz como opção de entrada no mercado europeu um 1.2 turbo de 130 cv, além do 1.6 THP de 180 cv. A gama inclui também duas opções de motores a diesel: 1.5, de 130 cv e 2.0, de 180 cv.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Advertisement

MAIS LIDAS DA SEMANA